Monte sua mini horta caseira!

4 avaliações

O benefício de se ter uma mini horta caseira são muitos, desde a economia na hora da feira, até a praticidade e segurança em oferecer alimentos, temperos e ervas frescas a sua família, livres de agrotóxicos e na comodidade de sua casa ou apartamento.

O primeiro passo é escolher o local. De preferência, deixe a sua horta em um espaço com sol direto em pelo menos parte do dia. Em apartamentos, as sacadas e a área de serviço costumam ser bons locais.



Horta suspensa na sacada

Preparar o recipiente ou vaso é muito fácil, você só precisa de alguns materiais básicos encontrados facilmente em qualquer casa de plantas ou floricultura. Vaso ou jardineira , argila expandida, manta bidim, pá, mudas orgânicas, substrato ou terra orgânica para hortas.



Passo a passo: 1) fure o vazo caso o recipiente não tenha furos embaixo. 2) distribua a argila expandida no fundo do vaso. 3) cubra com a manta bidim. 4) retire a muda ou planta de onde estiver. 5) coloque a terra no vaso. 6) coloque muda e planta no vaso.



O mesmo processo se aplica para a jardineira ou qualquer outro recipiente escolhido para o cultivo de sua horta. Para hortas em vasos, geralmente as ervas aromáticas, bem como as medicinais, são as melhores opções, pois precisamos de pequenas quantidades por vez e geralmente produzem constantemente. Exemplo: cebolinha, salsinha, manjericão, manjerona, hortelã, sálvia, erva-cidreira, alecrim, tomilho, orégano e por ai vai.

Manter a horta é muito simples, além de ser uma verdadeira terapia. Três tópicos são indispensáveis para a manutenção de sua horta. O ideal é que a horta receba pelo menos um pouco de sol direto, mantendo-a bem próxima de janelas.



Regue todo dia, ou uma vez a cada dois dias, dependendo do ambiente e da planta. Mantenha o solo levemente úmido, mas não mantenha encharcado por longos períodos. Lembre-se que quanto maior o vaso, mais lentamente ele secará.

Se desejar, adube o vaso com pequenas quantidades de húmus, adubos minerais (NPK), ou adubos líquidos. Evite exageros de adubos, já que o exagero pode levar à “queima” da planta, o que pode mata-la. Inevitavelmente com o tempo as plantas começarão a exibir um mau aspecto. Quando isso ocorrer, você deverá replantar as mudas, devendo trocar a terra do vaso.

E ai, gostou das dicas? Conte pra gente sobre sua experiência ou se sentiu vontade de ter a sua, não perca tempo e comece hoje mesmo!

Fotos: Reprodução - Pinterest

Comente e compartilhe com os amigos do Cook Club!

Dê sua avaliação

Este comentário foi relevante? 0

Mini Horta Residencial
Olá!

Sou um dos desenvolvedores da Mini-Horta Garni, e gostaria de convidá-los à visitar nosso site, e conhecer um produto que bolamos para viabilizar e facilitar o cultivo de Hortaliças e temperos em áreas urbanas.

Trata-se de uma estrutura em aço galvanizado, de alta durabilidade para ambientes abertos com acabamento de alta qualidade que possuí dois pontos importantes: Ajudar na ergonomia, com uma área de cultivo elevado, e ter uma horta em casa sem sujeira, pois nossos produtos contam até com sistema de captação do excesso de água.

nosso site: www.minihortagarni.com.br

Gostaria de receber um feedback de vocês!

Grato pela atenção,

Felipe Hervelha

Felipe Hervelha - em 25/11/2015

Este comentário foi relevante? 1

horta caseira
gostei dessa ideia de horta caseira, vou fazer a minha.

Marluce Souza - em 10/07/2015

Este comentário foi relevante? 0

Horta caseira
Perfeito pra pequenos espaços

Yuri Lima - em 06/07/2015

Este comentário foi relevante? 1

Como ter a sua mini horta caseira
Sou eterna aprendiz, e amo isto!

maria zelia - em 30/06/2015

Vídeos - Como Fazer