Carpaccio de salmão com valeriana e dill

Envie uma foto desta receita! Adicionar ao livro
Carpaccio de salmão com valeriana e dill
Carpaccio de salmão com valeriana e dill
Envie uma foto
Ingredientes
  • Ingredientes para 4 pessoas
  • 400 g de salmão fresco
  • 150 g de valeria na (ou agrião)
  • 1 bulbo de erva-doce (ou funcho)
  • 2 ramos de dill
  • 10 talos de cebolinha francesa
  • suco de 1 limão
  • 4 colheres de sopa de azeite de oliva extra virgem
  • sal
  • pimenta do reino
Como fazer
  1. Corte o salmão em fatias muito finas e disponha no prato.
  2. Salpique-as com o dill e a cebolinha, lavados e cortados fininho.
  3. Regue o carpaccio com metade do suco de limão, tempere com sal e pimenta e deixe repousar por 20 minutos.
  4. Enquanto isso, limpe e lave a erva-doce e corte-a em fatias finas.
  5. Lave e escorra bem a valeriana.
  6. Coloque esses dois. ingredientes numa tigela e tempere-os com o molho citronete, feito com o suco de limão restante, o azeite, uma pitada de sal e outra de pimenta do reino.
  7. Mexa com cuidado.
  8. Distribua em pratos individuais as fatias de salmão marinadoe a salada de valeriana com erva-doce e sirva.
  9. O vinho Acompanhe com um branco de uvas Pino! Blanc ou um Chardonnay bem frutado.
Mencionado na Bíblia como produto para pagamento de
impostos, o dill era uma erva de alto valor comercial
entre os romanos. Os egípcios já conheciam o dill como
erva medicinal. Existem referências dos gregos antigos
quanto a sua utilização para curar soluços. Na Índia,
existe uma longa tradição com o dill, tanto culinária
quanto medicinal.

Uso culinário
As folhas do dill dão um sabor suave e agradável à
comida pouco temperada como arroz, sopas, saladas e
peixes. Suas sementes e folhas são essenciais no
preparo de picles e vinagres aromáticos. Também faz
parte dos ingredientes do molho curry.

Uso terapêutico
Para uso interno, o dill é indicado para o tratamento
de distúrbios digestivos, falta de apetite e
indigestão. É um dos ingredientes usados para aliviar
cólicas intestinais.

Observação importante:
Qualquer uso terapêutico deve sempre ser acompanhado
por um médico.




Receita indicada por CLÁUDIO GONTIJO
Tags: Cebolinha, Receitas de Carpaccio, Receitas Salgadas, Dill, Azeite, Erva doce, Receitas com Suco de Fruta, Peixes e Frutos do Mar, Azeite de oliva, Receitas de Peixes, Peixe, Entradas, Agrião, Salmão, Funcho, Azeite extra virgem, Pimenta do reino
Esta com dúvidas sobre esta receita? Tente o nosso fórum culinário!

Reportar erros nesta receita

Vídeos relacionados:

Você também pode gostar ...

Envie uma foto desta receita! Adicionar ao livro
Este comentário foi relevante? 0

Mencionado na Bíblia como produto para pagamento de

impostos, o dill era uma erva de alto valor comercial

entre os romanos. Os egípcios já conheciam o dill como

erva medicinal. Existem referências dos gregos antigos

quanto a sua utilização para curar soluços. Na Índia,

existe uma longa tradição com o dill, tanto culinária

quanto medicinal.

Uso culinário

As folhas do dill dão um sabor suave e agradável à

comida pouco temperada como arroz, sopas, saladas e

peixes. Suas sementes e folhas são essenciais no

preparo de picles e vinagres aromáticos. Também faz

parte dos ingredientes do molho curry.

Uso terapêutico

Para uso interno, o dill é indicado para o tratamento

de distúrbios digestivos, falta de apetite e

indigestão. É um dos ingredientes usados para aliviar

cólicas intestinais.

Observação importante:

Qualquer uso terapêutico deve sempre ser acompanhado

por um médico.

CLÁUDIO GONTIJO - em 01/09/2008
Este comentário foi relevante? 0

POUCAS RECEITAS SÃO FABULOSAS COMO ESSA.

TEODORO - em 21/09/2008
Este comentário foi relevante? 0

ESSA RECEITA É TÃO SABOROSA E AROMÁTICA E SAUDÁVEL QUE OS COMENTÁRIOS FICAM PARA AS PESSOAS QUE PUDEREM DEGUSTÁ-LA.

GRÁCIA MARIA T REIS - em 21/09/2008
Vídeos - Como Fazer