Panetone

Envie uma foto desta receita! Adicionar ao livro
Panetone
Panetone
Envie uma foto
Ingredientes
  • 1 Kg de farinha de trigo
  • 100 g de fermento biológico
  • 200 g de manteiga
  • 200 g de açúcar
  • 15 g de mel
  • 8 gemas
  • 10 g de sal
  • 250 g de frutas cristalizadas
  • 150 g de uvas passas embebidas no rum
  • 1 pitada de vanilina ou aroma de baunilha
  • raspas e suco de laranja
  • água até dar o ponto
Como fazer
  1. Numa vasilha, misture 100 g de farinha, o fermento e um pouco de água Fica com aparência de esponja Deixe descansar por 15 minutos e depois adicione o restante dos ingredientes, colocando as frutas cristalizadas e as uvas sempre por último e faça uma massa bem macia Deixe descansar, coberta por um pano, durante 20 minutos e em seguida, faça os modelos, coloque nas formas e deixe descansar novamente até quase atingir o dobro Leve para assar numa assadeira ou em forma de papel, colocando num forno aquecido a uma temperatura média de 180 graus.
caderno de receita da vovó usado e aprovado


Receita indicada por ninha delicias
Tags: Anilina, Pães Doces, Receitas com Suco de Fruta, Frutas Cristalizadas, Receitas de Natal, Fermento biológico, Receitas de Pão, Pães, Açúcar, Laranja, Baunilha, Farinha de trigo, Receitas de Panetone, Gema de Ovo
Esta com dúvidas sobre esta receita? Tente o nosso fórum culinário!

Reportar erros nesta receita

Vídeos relacionados:

Você também pode gostar ...

Envie uma foto desta receita! Adicionar ao livro
Este comentário foi relevante? 0

Conta-se que a história mais famosa sobre a criação do panetone, aconteceu com um jovem morador da cidade de Milão no século XV, Ele apaixonou-se pela filha de um padeiro, buscando uma maneira de surpreender o pai da moça, que não aceitava o namoro, ele se disfarça de ajudante de padeiro e cria um pão doce. O pão tornou-se destaque na padaria pelo seu tamanho incomum para a época e por apresentar, no seu ápice, a figura moldada de uma cúpula de igreja. O jovem criador desta deliciosa receita, hoje apreciada por pessoas de diversos países, atribuiu a autoria da receita a Toni, o pai da moça. O movimento da padaria cresceu significativamente e os clientes pediam pelo "pão de toni". O nome deste pão doce sofreu algumas modificações, até ser denominado como atualmente: panetone. Não se sabe se esta lenda é verídica ou não, no entanto, a autêntica receita do panetone aprimorou-se pelos séculos, através de novas técnicas de preparação e melhoria das matérias primas utilizadas. Milão, cidade localizada ao Norte da Itália, foi a grande irradiadora da tradição de consumir panetones nas festas natalinas, a qual estendeu-se para as cidades do sul da Itália e alastrou-se para os demais países do mundo.

ninha - em 02/11/2011
Vídeos - Como Fazer