Carpaccio à Moda do Peco e Sua História

Envie uma foto desta receita! Adicionar ao livro
Como fazer
  1. Carpaccio à Moda do Peco e Sua História - 1 embalagem de 250 g de Carpaccio - 1 limão galego - 1 colher (sopa) de mostarda - 1 colher (sopa) de molho inglês - 1 colher (sopa) de catchup - 1 colher (café) de molho de pimenta - 1 colher (café) de aji-no-moto - 1 e 1/2 colher (sopa) de vinagre de arroz - 4 colheres (sopa) de alcaparras em conserva picadas - 1/2 colher (sopa) da água das alcaparras em conserva - 1 colher (sopa) de orégano - 3 colheres (sopa) de azeite extravirgem - 3 colheres (sopa) de queijo parmesão raladogrosso - 5 folhas pequenas de rúcula picadas Modo de Preparo Em uma tigela misture bem: 1/2 limão, a mostarda, o molho inglês, o catchup, a pimenta, o aji-no-moto, e a água da alcaparra.
  2. Em um prato raso e grande (pode ser um de bolo)despeje a mistura obtida, tomando o cuidado para que a mesma ocupe toda a superfície do prato.
  3. Disponha as fatias de carne em leque, formando o contorno do prato, esprema a outra metade do limão (opcional), distribua o azeite em fio por toda a superfície da carne, acrescente as alcaparras misturada com a rúcula, polvilhe o queijo parmesão raladogrosso e por fim o orégano.
  4. Sirva imediatamente acompanhado de uma cesta variada de torradas, contendo, torradas de pão sírio com gergelim, de pão italiano com álho, de canapés e com bolachas salgadas.
  5. História deste prato: Dizem os Veneziano, que num belo dia do outono de 1.
  6. 950, a estonteante condessa Amália Mocenigo entrou no Harry´s Bar, em Veneza, com lágrimas nos olhos.
  7. Ela contou a Giuseppe Cipriani (então dono do lendário ponto de encontro da aristocracia e artistas) que seu médico acabara de lhe receitar uma dieta rigorosa que lhe proibia toda e qualquer carne cozida.
  8. A bela pediu chorosa, que Cipriani preparasse algo que a livrasse de seu sofrimento sem burlar a dieta.
  9. O italiano foi para a cozinha e, minutos mais tarde, levou ao salão um prato com um leque de fatias finíssimas de carne crua e, por cima, um molho de maionese e mostarda.
  10. Para fazer o prato, ele se inspirara nas flâmulas vermelhas e brancas que estavam por toda a cidade anunciando uma exposição do pintor Carpaccio.
  11. Do mestre renascentista, tirou também o nome para a sua criação.

Receita indicada por josé roberto nogueira dias filho
Tags: Entradas, Aperitivos e Antepastos, Receitas de Carpaccio, Receitas Salgadas
Esta com dúvidas sobre esta receita? Tente o nosso fórum culinário!

Reportar erros nesta receita

Vídeos relacionados:

Você também pode gostar ...

Envie uma foto desta receita! Adicionar ao livro
Vídeos - Como Fazer