bolinho de beringela

Envie uma foto desta receita! Adicionar ao livro
Ingredientes
  • uma beringela grande
  • um ovo
  • sal
  • duas colheres de farinha de mandioca
  • e oléo para fritura
  • alface para emfeitar o prato
Como fazer
  1. descasque a beringela se preferir. pique bem miudinha e tempere a gosto com cebola alho pimenta e sal, acrecente o tempero o ovo e mexa em seguida as duas colheres de farinha de mandioca espere uns cinco minutos e pode fritar se quiser pode acrecentar carne de soja ou moida já refogada por causa da farinha de mandioca vai ficar bem sequinho como kibe.
se vê que a massa ficou mole acrecente mais uma ou duas colher de farinha de mandioca


Receita indicada por silvia montavani
Tags: Receitas Salgadas, Farinha de mandioca, Receitas de Berinjela, Alface, Bolinhos, Legumes
Esta com dúvidas sobre esta receita? Tente o nosso fórum culinário!

Reportar erros nesta receita

Vídeos relacionados:

Você também pode gostar ...

Envie uma foto desta receita! Adicionar ao livro
Este comentário foi relevante? 0

Beringela

A beringela é um ingrediente comum na cozinha indiana, grega e francesa. É oriunda da Índia e parte do sudoeste Asiático, mas o seu cultivo estendeu-se a todo o mundo.

A beringela crua é um vegetal/fruto muito pouco calórico, com apenas 16 calorias em 100 gramas. É muito rica em água (93%) e fornece boas quantidades de potássio (200 mg/100g de beringela). Contribui com fibra alimentar (2,5 g/100 g), cálcio (10 mg/100 g) e fósforo (12 mg/100 g de beringela). É uma planta herbácea da família das solanáceas (que inclui a batata, o tomate, o pepino e o pimento). Os seus frutos são geralmente de cor violeta ou roxo escuro e de forma alongada, embora existam variedades redondas e de cor amarela ou branca.

O responsável pela cor púrpura e brilhante da casca da beringela é um tipo de fitoquímico, da família dos compostos fenólicos, chamada antocianina. Estudos laboratoriais revelam que esta substância actua como antioxidante, impedindo a acção nefasta dos radicais livres de oxigénio. Isto ajuda a proteger o organismo dos danos celulares, nomeadamente com propriedades anticancerígenas, e a reduzir a oxidação do colesterol e consequente risco de arterosclerose.

silvia - em 28/04/2010
Vídeos - Como Fazer