Extrato, polpa ou molho de tomate?

Qual deles usar na minha receita? Depende do tempo que você tem para prepará-la. Quando é aquela visita inesperada no domingo, não hesite. Vá direto para o molho de tomate. Prontos para consumo, não necessitam de diluição e são feitos a partir da polpa de tomate concentrada. Compre sempre aqueles que vêm com um temperinho a mais: salsa, alho e aipo.

Mas se você quer dar o seu toque pessoal e com praticidade, a boa pedida são as polpas ou purês. Como o próprio nome diz são feitos a partir da polpa do tomate, sem pele nem sementes, e tem apenas sal e açúcar na composição.

Quem quer caprichar no molho deve investir no extrato. É o mais concentrado de todos e não contém condimento, ideal para fazer molhos caseiros com pedaços de tomate ou ainda receitas que ele esteja bastante presente. Veja algumas receitinhas:

Molho de Tomate
Caneloni Diferente
Ervilha Torta
Espaguete com molho de calabresa



Polpa de Tomate

Almôndegas à Napolitana
Filé à parmegiana
Macarrão à bolonhesa
Sardela no pão italino

Extrato de Tomate
Estrogonofe de Frango
Lagarto ao molho de champignons
Pimentão Recheado
Risotos com tiras de filé


Matéria assinada por:
Juliana Lopes



Comente e compartilhe com os amigos do Cook Club!

Dê sua avaliação