Congelando alimentos corretamente

A prática de congelar alimentos é bastante comum e facilita o dia a dia na cozinha. Mas não basta apenas guardar os ingredientes em qualquer recipiente e colocar no freezer ou congelador. É preciso alguns cuidados básicos para manter a qualidade dos alimentos. Nessas horas organização é tudo. Use potinhos de plásticos ou refratários de vidro, contanto que ambos tenham tampa plástica que os fechem hermeticamente. E não esqueça de retirar todo o ar quando for embrulhar os alimentos, além de etiquetar com o nome do prato e a data do congelamento.

Confira como congelar da maneira correta vários tipos de pratos e alimentos e esqueça de vez as comidas congeladas industrializadas. Com o nosso manual do congelamento, você poderá comer comida caseira a qualquer hora!

Carnes

Antes de ir ao freezer, a carne deve estar limpa, com pouca ou nenhuma gordura e nervos. Você pode armazenar em potes plásticos fechados hermeticamente (fechado de maneira a impedir a entrada ou saída de ar), em saquinhos plásticos abre e fecha (retirando todo o ar antes de selar) ou embalados em plástico filme.


Fonte: Reprodução /Pinterest

As embalagens devem conter a quantidade necessária por refeição, além disso, bifes e costeletas devem ser embalados um a um, separadamente. Já as carnes para assados podem ser embrulhadas inteiras.

Carne de boi ou vaca permanece por até 12 meses. Carne de porco ou vitela duram até nove meses. O descongelamento pode ser feito passando a carne para a geladeira cinco horas antes do uso para cada meio quilo, duas horas em temperatura ambiente ou no seu forno microondas na função descongelar.

Bifes: podem ser congelados simples, à milanesa, prontos para fritar ou já fritos. Congele-os abertos. Quando for fritar, coloque direto na frigideira. Em outros casos, descongele na geladeira. Duração: de oito a 12 meses (simples) e três meses (à milanesa).

Bucho: cru leve direto ao freezer, já cozido, deixe primeiro em temperatura ambiente e depois leve ao freezer. Duração: três meses.

Cabrito, carneiro, vitela: podem ser congelados crus, cozidos ou assados, primeiro permanecendo em temperatura ambiente ou na geladeira e, posteriormente, levados ao freezer. Duração: nove meses.

Porco (lombo, pernil, costeletas): podem ser congelados crus, cozidos ou assados, primeiro permanecendo em temperatura ambiente ou na geladeira e, posteriormente, levados ao freezer. Duração: seis meses.

Quibes, almôndegas e hambúrgueres: congele em aberto e depois coloque em sacos plásticos. Não tempere demais. Descongele direto para a frigideira ou microondas. Duração: de três e seis meses.

Bacon e presunto:em fatias e pequenas porções. Se estiverem em geladeira, leve direto ao freezer. Duração: de dois a três meses.

Aves

Para congelar aves no freezer deve ser utilizado filme ou saco plástico. Pode ser congelada cozida ou crua. Quando crua deve ser bem lavada. Em pedaços congela-se um a um com plástico filme e coloca-se no saco plástico a quantidade de uma refeição. Peru e frango duram até 12 meses. Miúdos permanecem por três meses. O fígado não se mistura aos miúdos no congelamento e dura apenas um mês. Patos e gansos duram até seus meses.


Fonte: Reprodução /CyberCook

Massas

Para evitar que a massa fique ressecada, quando congeladas pronta e com molho, faça da seguinte forma:

1 - Cozinhe a massa al dente (pois com o descongelamento e aquecimento, a tendência é que amoleça mais), misture com o molho, reservando uma certa quantidade dele, para o processo.

2 -No recipiente onde será feito o congelamento, coloque um pouco do molho reservado, que será utilizado na confecção do prato e congele um pouco deste, sozinho. Assim que estiver bem congelado, coloque a massa sobre ele. Regue com mais molho e leve para congelar, aberto. Depois de bem durinho, feche, date e pronto. Resultado: Quando o prato for descongelado e aquecido,o molho ficará líquido, umedecendo a massa, evitando o ressecamento. Funciona com qualquer massa.

Legumes

Lave bem os legumes em água fria e só use aqueles que não estão maduros para congelar. Alguns necessitam a retirada de pontas ou fios. Devem ser picados em pedaços iguais e colocados numa peneira. Mergulhe-os rapidamente em água fervente e logo em seguida em água fria. Deixe esfriar. Escorra muito bem e embale-os em saquinhos plásticos ou potes fechados hermeticamente, na quantidade de uma refeição. Para consumir legumes congelados não é necessário descongelamento, basta colocá-los numa panela com água e sal e tampar até que fiquem cozidos.


Fonte: Reprodução /Pinterest

Frutas

As frutas devem ser limpas e os caroços devem ser retirados. Armazene as frutas na quantidade exata que você ou sua família consomem, ou seja, corte em pedaços para facilitar na hora da utilização. Conserve em papel filme ou potes de plástico com tampa e coloque etiquetas com a data de congelamento. A duração varia de fruta para fruta, mas normalmente elas costuma durar de 6 a 12 meses, com exceção do abacate, que dura apenas 2 meses no congelador.


Fonte: Reprodução /Pinterest

Por Lívia Duarte 

Comente e compartilhe com os amigos do Cook Club!

Dê sua avaliação

Vídeos - Como Fazer