5 dicas para um peito de frango suculento

1 avaliação

Sabemos que grelhar ou assar o frango com pele e ossos, ajuda a manter a maciez da carne. Mas quando o assunto é fazer um peito de frango suculento desossado e sem pele, um conjunto de problemas se apresenta, principalmente pela facilidade da carne passar do ponto e se tornar extremamente seca.

Por outro lado, quando um peito de frango é preparado corretamente atingindo aquela textura suculenta e macia, ele acaba sendo a parte mais disputada na mesa. Siga essas dicas, para se salvar contra aquele frango seco e sem graça!

Maior nem sempre é melhor

Os frangos de hoje não são criados como antigamente. As criação de aves, que na grande maioria são geneticamente modificadas, desenvolvem frangos que são duas a três vezes maiores do que os que eram consumidos antigamente.




Vá ao açougue e peça frangos com tamanho médio, com peitos não muito grandes (entre 150g a 170g). Foto: Reprodução - Food52

O formato é tão importante quanto a temperatura da grelha

O peito de frango afunila nas extremidades. É importante manter a espessura mais uniforme possível. De um jeito ou outro as pontas vão ficar mais cozidas do que o centro do peito, ou você pode optar por acertar o ponto nas extremidades e ter o meio mais rosado e num ponto para menos, a escolha é sua.

Procure comprar a peça inteira

Prefira comprar o peito inteiro, assim você se assegura de que ambos os lados estão do mesmo tamanho. É importante lembrar que, as vezes, no tecido que une os dois lados do peito, há um pedaço de cartilagem que precisa ser removida. Corte ao longo da linha central de gordura para retirá-lo.

Escolha seu utensílio de destruição

Qualquer utensílio pode funcionar bem, basta saber usar. Prefira o lado liso do cutelo porque é pesado e você consegue amaciar a carne por inteiro de uma só vez. Se você usar o martelo, você vai ter que começar no meio e trabalhar seu caminho até as pontas, para conseguir um peito uniforme. A panela é o último recurso, mas de qualquer forma ela faz o serviço.




Para fins de limpeza e saneamento, coloque o peito entre camadas de plástico filme antes de amaciar a carne. Foto: Reprodução - Food52

Mantenha a grelha quente, mas não muito quente

O ideal que é que a grelha esteja quente, mas nem tanto. Deve estar no ponto para que caramelize levemente o frango, mas sem queimar. Tome cuidado pois frango pode ficar seco rapidamente, se a grelha estiver muito quente, tornando a carne dura e desagradável para mastigar.




Para evitar que isso aconteça, use seu bom senso: grelhe rapidamente para conseguir as marcas caramelizadas, depois leve ao forno pré-aquecido e termine de cozinhar o frango em uma temperatura baixa. Foto: Reprodução - Food52

Você pode testar essas dicas ainda hoje, com essa receita super gostosa (Frango Grelhado na Mostarda) e muito fácil de fazer.




A dica é deixar o frango marinando por algumas horas no molho antes de grelhar. Foto: Reprodução - CyberCook

Essas dicas foram úteis? Conte pra gente como ficou seu frango!

Comente e compartilhe com os amigos do Cook Club!

Dê sua avaliação

Este comentário foi relevante? 0

Informações importantes
Considero importante esse tipo de informação. Anos de cozinha e aprendendo sempre.

DALILA MARIA MENEGHELI - em 10/09/2015

Vídeos - Como Fazer