Cardápio dos Atletas!

Grandes campeões de longas partidas de vôlei ou provas rápidas de judô, como, Paula Pequeno e Flávio Canto conseguem a grande vitória não só por meio de uma boa preparação física e psicológica. Cardápio balanceado e alimentação saudável também são garantias de um bom desempenho nas competições.

Além de se dedicarem ao ritmo puxado dos treinamentos, os atletas ainda precisam resistir as diversas tentações da culinária. Entretanto, fora da temporada de campeonatos é possível saborear um bom churrasco, como faz a ginasta Daiane dos Santos, ou ainda aproveitar os torneios no exterior para experimentar sabores típicos. Quando Flávio esteve nas Olimpíadas de Atenas fez questão de provar e anotar a receita da Salada Grega.

Como o judoca possui uma alimentação saudável, consegue sempre manter o peso correto para sua categoria. Mas para evitar que atletas da modalidade façam dietas rápidas e radicais dias antes das competições, a confederação de judô possui uma nutricionista responsável em orientá-los a estarem próximos do peso adequado uma semana antes das provas, caso contrário é proibida a participação. “É apenas uma medida que garante a saúde deles, mas todos conseguem se adequar a sua dieta, sem maiores problemas”, explica Gisele de Paiva Lemos.

Conforme a nutricionista, a escolha dos alimentos é feita conforme os valores de calorias diárias que cada judoca pode consumir. Por esta razão, nas horas das refeições, cada esportista elabora um prato balanceado com o auxílio de Gisele. Não faltam peixes grelhados com batatas, arroz integral, filés grelhados ou ainda picadinhos. “Tentamos adaptar ao gosto de cada um. A Edinanci, por exemplo, que é da região norte, adora miúdos, mas tive que colocar outros tipos de carne”, acrescenta.

Já para a sobremesa, muitas frutas, como banana assada com canela, ou gelatina e iogurte. Mas algumas vezes tortas doces estão liberadas. “A Danielle Zangrando adora uma boa torta de limão”.

farofa-de-ovo-r-16-em-1064-410.htmlE no Centro de Desenvolvimento Vôlei Brasil (Saquarema – RJ), onde se concentra a seleção masculina e feminina, a dieta também é rigorosa. Segundo a nutricionista Isabella Toledo, pudins, bolos, manteigas não estão no cardápio do dia-a-dia. Ela indica apenas doces de frutas, às vezes um picolé, farofas, arroz com feijão, saladas, ou frango com quiabo, o preferido da seleção masculina. Mas em celebrações é permitido o velho e tradicional churrasco ou ainda batatas fritas.

Em ritmo de Pan

Conforme Gisele, um judoca pode perder cerca de 800 calorias e dois quilos em um só dia de competição. Por isso é necessária uma alimentação pré-competitva com pouca quantidade de gorduras e proteínas, mas muitos carboidratos, fonte de energia para exercícios prolongados presente em pães, massas ou arroz. Água sempre, principalmente em dias mais quentes, que deve ser consumida de 15 a 30 minutos antes da prova.

Matéria assinada por:
Juliana Lopes


Comente e compartilhe com os amigos do Cook Club!

Dê sua avaliação

Vídeos - Como Fazer